POLO TECNOLÓGICO DO OESTE CATARINENSE
Telefone: (49) 3324.4342 Email: deatec@deatec.org.br

NOTÍCIAS DO DEATEC

Fique por dentro de tudo que acontece no setor de TIC no oeste de Santa Catarina relacionado ao DEATEC

Tecnologia para a agricultura familiar é debatida em Chapecó

08/11/2018 17:13:18

Evento do Núcleo de Inovação Tecnológica para a Agricultura Familiar (NITA), em parceria com a Deatec, reuniu representantes do ecossistema e inovação

Aproximar instituições do ecossistema de inovação do agronegócio familiar do Oeste catarinense foi objetivo do evento Agronegócio e Inovação, promovido nesta quinta-feira (08), em Chapecó, pelo Núcleo de Inovação Tecnológica para a Agricultura Familiar (NITA), em parceria com a Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec). Empresas, instituições e representantes de órgãos públicos se reuniram no Centro de Treinamento da Epagri para discutir como aprimorar a aproximação da inovação e tecnologia da agricultura familiar.

De acordo com o diretor de Projetos Especiais da Secretaria de Estado de Estado da Agricultura e da Pesca e coordenador técnico do NITA, Ditmar Zimath, a agricultura tem importante papel no Oeste e aproximar as empresas desenvolvedoras de tecnologias do setor é fundamental. “O objetivo do encontro foi avaliar de que maneira o NITA vem se articulando na região, por meio da Deatec, e fazer uma reflexão sobre o ecossistema de inovação e sua relação com a agricultura familiar. Também fizemos em Chapecó nesta semana uma reunião do Conselho Gestor do NITA para buscar aprimorar o relacionamento”.

Para avaliar os desafios da inovação tecnológica na agricultura familiar do Estado, foi realizada uma mesa redonda. A discussão foi mediada pelo diretor de Extensão Rural da Epagri, Paulo Arruda Lisboa, e contou com os participantes: André Ricardo Poletto, da equipe do NITA; Paulo Cesar Antoniollo, gerente regional do BRDE para a Região Oeste; Roberto Dallagnol, representante da Universidade Federal Fronteira Sul; e Neomar Sandrin, representante da empresa AgroSimulador. “Existe muita inovação acontecendo, mas ainda há distanciamento das pequenas produções. A automação de algumas atividades no meio rural é fundamental para a permanência dos jovens na propriedade e para a melhoria da qualidade de vida”, salientou Zimath.

Também teve apresentação do ecossistema de inovação na região e sua relação com a agricultura familiar pela Unochapecó. De acordo com professor e assessor do Parque Científico e Tecnológico Chapecó@ - membro do Hub Agro, Ricardo Fantinelli, esse é o momento propício para juntar forças e conectar de maneira inteligente todas as iniciativas do ecossistema de inovação. “Se trabalharmos juntos, em sinergia e com empatia, vamos fortalecer nossa economia, gerar riquezas, ter mais impacto social. Vamos buscar catalisar os esforços e integrar instituições e pessoas. Cada vez mais se faz necessário trabalhar de maneira colaborativa, independente da bandeira ou da instituição que se está vinculado”, realçou. Para Fantinelli, é necessário fomentar o surgimento de redes de colaboração não só no agro, mas em diversas outras áreas. “Antigamente se você não estudava a alternativa era ficar no campo e hoje, com tantas mudanças, inovações e tecnologias embarcadas nas máquinas é preciso estudar, e muito, para ficar no campo”, ressaltou.

O gerente da Datatransp, Welington Schmitz, participou do evento para se integrar e buscar parcerias. “Trabalhamos com software na gestão de transporte e logística. Queremos conhecer melhor como funciona a inovação para o setor e buscar atuação na área”.

Para o diretor de Startups da Deatec, Rudinei Gerhart, o Oeste é um grande protagonista na agricultura familiar e a aproximação entre as empresas, entidades e agricultores é fundamental. “A maioria dos colaboradores do NITA está no litoral e aproximar essas pessoas que desenvolvem as estratégias do Núcleo com a realidade local é muito importante para que se consiga saber o que é necessário no campo e como podemos contribuir”.

O evento também marcou a ampliação das parcerias mantidas pelo NITA. Cinco novas entidades passaram a apoiar o Núcleo: Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de SC (Fetaesc), Instituto Federal (IFSC) e Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). “Essas parcerias são importantes para nos aproximarmos do ecossistema que representa a agricultura familiar no Estado e entendermos melhor quais são as demandas e necessidades do setor”, destacou Zimath.

SOBRE O NITA

O Núcleo de Inovação faz parte de um grupo seleto de iniciativas para aproximar tecnologia e agricultores. O Banco Mundial apoia apenas oito projetos como esse no mundo e SC é o único representante da América Latina nessa lista, tornando-se referência para outros estados e países.

O NITA funciona como um elo entre startups, pequenas e médias empresas desenvolvedoras de inovações e as cadeias produtivas organizadas dos agricultores, acelerando o processo de desenvolvimento e oferta de tecnologias. Hoje são 38 empresas cadastradas que já fazem negócios com agricultores e empresas catarinenses, além de algumas parcerias internacionais. O cadastro das empresas pode ser feito gratuitamente no site www.nita.org.br.

25/02/2008 00:00:00

REUNIÃO - UNOCHAPECÓ

21/02/2008 00:00:00

Curso GxFlow - Dias 22 e 23/02

14/02/2008 00:00:00

CONSELHO FISCAL

14/02/2008 00:00:00

Convite

13/02/2008 00:00:00

NOVOS ASSOCIADOS

01/02/2008 00:00:00

PROGRAMA DE ESTÁGIOS