POLO TECNOLÓGICO DO OESTE CATARINENSE
Telefone: (49) 3324.4342 Email: deatec@deatec.org.br

NOTÍCIAS DO DEATEC

Fique por dentro de tudo que acontece no setor de TIC no oeste de Santa Catarina relacionado ao DEATEC

Pesquisa mostra panorama da remuneração no setor de TI em SC

22/06/2018 15:36:10

Resultados serão divulgados em Chapecó no dia 26 de junho


O Sindicato das Empresas de Processamento de Dados, Software e Serviços Técnicos de Informática do Estado de Santa Catarina (Seprosc), a Sinergia Gestão de Pessoas e a Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) apresentarão os resultados da pesquisa de remuneração do setor de Tecnologia de Informação (TI) do Estado de Santa Catarina, edição 2017. O evento será na próxima terça-feira (26), às 8 horas, no auditório do Sicom (Condomínio Cesec, avenida Getúlio Vargas, 1748 N, em Chapecó).

O levantamento foi realizado com participação de empresas de todo o Estado durante o ano passado. Além da exposição dos resultados, será lançada a edição 2018. A pesquisa foi desenvolvida pela Sinergia Gestão de Pessoas, com apoio da Deatec, do Seprosc, do Sindicato das Empresas de Informática da Grande Florianópolis (Seinflo) e do Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Informática de Joinville (SEPIJ).

De acordo com o diretor de Relações Sindicais da Deatec, Marcio Muxfeldt, o levantamento tem o objetivo de criar um banco de dados e de indicadores sobre as políticas de remuneração do segmento de TI no Estado. “Essas informações estarão disponíveis para todas as empresas que participaram da pesquisa”, informa.

A análise trará informações sobre políticas de recursos humanos, como salários, benefícios, reclamações trabalhistas, entre outros. O presidente da Deatec, André Telöcken, realça que a intenção é auxiliar as empresas a entender como estão posicionadas no mercado e quais estratégias podem adotar para buscar crescimento e desenvolvimento. “Ter informações do mercado é fundamental para fazer um planejamento de recursos humanos de forma coerente e assertiva. O levantamento auxiliará em um ponto sensível nas empresas de TI que são as pessoas. A mão de obra é o nosso principal investimento. A pesquisa é abrangente, consolidada, específica para o setor e possibilitará a comparação com outras cidades e regiões”.