POLO TECNOLÓGICO DO OESTE CATARINENSE
Telefone: (49) 3324.4342 Email: deatec@deatec.org.br

NOTÍCIAS DO DEATEC

Fique por dentro de tudo que acontece no setor de TIC no oeste de Santa Catarina relacionado ao DEATEC

Conexão Desbravalley Como uma região de deserto de Israel se tornou referência em inovação

25/06/2019 00:00:00

Ecossistema de inovação de Berseba e as possibilidades de negócios com o Oeste de SC foram apresentados pelo fundador da Tech, Yotam Tzuker, em Chapecó

A cidade de Berseba, localizada no deserto de Negev, em Israel, tornou-se nos últimos anos um grande polo de tecnologia e inovação mundial. O País possui o maior número de startups em termos per capita do mundo e se destaca como o maior investidor nessa área. Berseba criou um ecossistema de inovação que é destaque em cibersegurança e que é exemplo para diversos outros países.

O sucesso do ecossistema de inovação de Berseba se deu, principalmente, pela presença de diferentes atores que se instalaram na região, como universidades, empresas, hospitais e parques tecnológicos. As informações são do especialista em desenvolvimento de ecossistemas e fundador da Tech7, organização que conecta os membros do ecossistema tecnológico do Sul de Israel, Yotam Tzuker, durante o evento Conexão Desbravalley Brasil - Israel, que ocorre nesta segunda e terça-feira (24 e 25), em Chapecó. Também participa do evento a coordenadora do Tech7 Juniors, Judith Rachel Charbit.

O gerente regional Oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, destacou que o objetivo é aproximar a comunidade de tecnologia de Israel ao ecossistema de inovação da região Oeste e conectar as soluções de empresas e startups catarinenses à iniciativa internacional. O evento é promovido pela Fundação Científica e Tecnológica em Energias Renováveis (FCTER), com correalização do Sebrae/SC, parceria das universidades regionais, Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec), Prefeitura Municipal de Chapecó e apoio dos demais membros do ecossistema de inovação do Oeste – Desbravalley.

Tzuker palestrou sobre “Desafios e soluções para o ecossistema de inovação: caso Israel”, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes. De acordo com ele, Chapecó tem características semelhantes com Berseba, como ser uma cidade distante dos grandes centros e ter potencial para desenvolver um ecossistema de inovação forte. Para ele, é preciso fortalecer o setor no qual a região se destaca, no caso de Berseba, o investimento foi em cibersegurança, tornando-a nos últimos anos o principal cluster de pesquisa no setor do mundo.

Para o Oeste, ele destacou a tecnologia em alimentos. “É preciso fortalecer esse ecossistema, com participação da iniciativa privada, universidades e governos”, comentou acrescentando que para desenvolver um ecossistema é fundamental ter a presença de empresas multinacionais. “Chapecó já possui grandes empresas. Com líderes globais estabelecendo centros de pesquisa e desenvolvimento torna-se mais fácil atrair capital humano”, frisou.

Yotam enfatizou a importância de criar uma cultura de empreendedorismo. Em Israel existem de 6 a 7 mil startups, mais de 120 delas na região de Berseba. No País, foram criados programas de inovação, com atuação forte com adolescentes, incentivando-os ao empreendedorismo. “Colaboramos com diversos países, como Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Holanda e agora nossa missão é no Brasil”, comentou Yotam. Ele acredita no ecossistema brasileiro e visualiza boas oportunidades de conectar o País com Israel.

Por meio da Tech7 Juniors, trabalha-se com adolescentes, inserindo-os e conectando-os ao ecossistema de inovação de Berseba. “Estimulamos eles a pensarem diferente e irem atrás dos sonhos. Hoje, um jovem com 17 anos pode abrir um negócio, ter uma startup. As opções estão abertas através da internet e da tecnologia, mas é preciso educar os adolescentes para usar a internet para bons propósitos. Adolescentes são talentosos em qualquer lugar do mundo, mas a estrada é longa”, observou Judith. Para avançar nesse caminho, Berseba criou programas que inserem os jovens dentro das empresas de tecnologia, com mentorias e outras atividades para estimular. “Não dizemos para eles o que fazer, mas criamos conexões”, frisou Judith acrescentando a importância desse investimento em capital humano para os próximos anos.

STARTUPS E EMPRESAS DO OESTE

Durante o evento, cinco startups da região participaram de pitchs e teve apresentação de grandes empresas que explanaram sobre suas iniciativas na área de inovação. Participaram as startups PackID, Kemia, Bionexus, AgroSimulador Neokohm. As empresas foram a Aurora Alimentos, BRF e Coopercarga. Também ocorreu uma palestra sobre o cenário do agronegócio.

Yotam e Judith conheceram, ainda, a ACIC Chapecó e participaram de uma reunião com as universidades da região Oeste. Estiveram presentes a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Unochapecó, SESI/SENAI, Unoesc, Uceff Faculdades, IFSC, Udesc, Parque Tecnológico Chapecó@, Sebrae e FCTER. Eles participaram também de reunião com a diretoria da ACIC e falaram sobre o caso de Israel para os empresários.

Integrou o Conexão Desbravalley Brasil - Israel, nessa segunda-feira (24), o lançamento do Portal Desbravalley: www.desbravalley.com.br.

Nesta terça-feira (25), a programação segue com visitas a empresas e universidades e palestra almoço “Expansão de negócios fora dos grandes centros: Tech7 Israel”, às 11h30, no Restaurante Horizonte.